Consultoria para Servidores

Consultoria para Servidores

Importância da utilização em sua empresa:

Qualquer empresa que tenha o interesse de manter os arquivos e equipamentos seguros, confiáveis e devidamente armazenados, possui a necessidade de utilização de no mínimo um modelo de servidor. Em seguida citaremos alguns dos mais utilizados:

– Servidor de Internet:  Servidor responsável por interligar sua rede local com a internet, através de um conjunto de ferramentas configuradas de acordo com a necessidade específica de cada empresa, é possível controlar tudo que entra ou sai da sua rede.

  •  Firewall: Ferramenta pertencente ao servidor de internet capaz através de regras configuradas, filtrar o que cada equipamento pode acessar ou ser acessado. De maneira detalhada é possível configurar endereços de origem, destino e quais serviços são permitidos ou restritos.
  • Proxy: Podemos definir o controle de acesso a internet baseado em grupos de usuários, desta maneira cada funcionário ganha uma identidade virtual baseada em login e senha, através destes é realizado os acessos em rede de acordo com liberações pré-definidas pelos gestores da empresa. Opcionalmente o Proxy pode ser utilizado para realizar cache, tornando possível armazenar informações de sites frequentemente acessados em seu servidor, evitando que a cada acesso seja necessário buscar informações como páginas, imagens e textos através da internet, ganhando velocidade de navegação e economia de banda.

– Servidor AD: O Active Directory ( AD ) é uma ferramenta presente em servidores Microsoft, utilizado para administração de redes baseadas em usuários bem definidos, podendo conter informações como nome, senha de login, função entre outras.

Através do AD se torna possível uma gestão centralizada e com manutenções ou novas implantações de forma objetiva e facilitada. Segue algumas das funcionalidades possíveis para utilizarmos:

  • Identidade de acesso.
  • Escalabilidade.
  • Autenticação centralizada.
  • Nível de segurança controlado.
  • Facilita a Delegação de tarefas administrativas.
  • Torna eficiente o gerenciamento de acesso.
  • Fornece recursos de replicação de dados.
  • Facilita a implementação de políticas de utilização (Políticas de Grupos).

– Servidor de Arquivos: Centraliza os arquivos de todos os computadores ou usuários da rede, proporcionando compartilhar informações controladas por permissões de acesso. Também proporciona possibilidade de backup único, diário e automático para todos.

  • Permissão de acessos.
  • Praticidade e mobilidade.
  • Backup centralizado.
  • Controle contra exclusões acidentais.
  • Aumento da agilidade e produtividade.
  • Segurança no armazenamento.

– Servidor de Virtualização: Possibilita utilizar um servidor, de maneira planejada, com o intuito de se criar outras máquinas através do processo de virtualização.Desta forma, utilizando apenas um equipamento físico se torna possível a utilização de vários servidores com finalidades distintas sem que ocorra interferências entre eles.

  • Economia de energia devido a utilização de apenas um consumidor.
  • Redução do tempo de parada para possíveis manutenções.
  • Disponibilidade.
  • Redução de custos com equipamentos físicos.
  • Otimização e organização do ambiente físico.

– Servidor DHCP:  Fornece automaticamente a configuração de rede para dispositivos autorizados conectados em sua rede WIFI ou cabeada.  Um servidor DHCP configurado corretamente, juntamente com outras ferramentas administrativas, proporcionam a certeza que os dispositivos de sua empresa conectados à internet, utilizam os parâmetros corretos para comunicação.

  • Rede lógica organizada.
  • Segurança para se conectar em servidores confiáveis.
  • Configuração automática de novos equipamentos conectados à rede.
  • Praticidade e disponibilidade.

– Servidor RDS: Possibilita que usuários utilizem este servidor para trabalhar remotamente como em um terminal, fornecendo uma área de trabalho completa sem a necessidade de um computador pessoal para cada usuário. Permite também acesso direto apenas a aplicativos específicos rodando no servidor (RemoteApp), sem abrir área de trabalho remota.